Matheus Coringa e Chiarelli! nas profundezas de "Ralo"

“Ralo” é o mais novo álbum de Matheus Coringa, em parceria com o beatmaker e produtor Chiarelli!, lançado pelo selo Sujoground. Com uma carreira já consolidada no rap, Matheus Coringa tem se destacado ao longo deste ano com lançamentos impactantes como “Hell” e “Repulsa”. Agora, com “Ralo”, o artista mostra uma habilidade e versatilidade notáveis, consolidando sua posição como uma força disruptiva no cenário musical brasileiro.

O álbum é uma jornada lírica que se desenrola a partir das vivências de Matheus Coringa pós-lançamento de “Loops Abissais” (2021), um trabalho que marcou seu retorno à cena musical. Em “Ralo”, ele continua sua característica única de contar histórias e perceber o mundo, desafiando o discurso meritocrático e oferecendo uma visão madura e bem construída de si mesmo.

Com oito faixas profundas, “Ralo” se destaca pela ousadia e experimentação. A faixa inicial, “Problema”, prepara o terreno para a experiência sonora única que aguarda os ouvintes. Os instrumentais são experimentais, criativos e psicodélicos, acompanhados por versos afiados, profundos e ácidos. No entanto, a diversidade é a chave deste projeto, com cada faixa surpreendendo o ouvinte de maneiras inesperadas.

 A terceira faixa, “Vilão”, destaca-se pela mudança drástica, apresentando um instrumental mais melódico e melancólico. Matheus Coringa mergulha em seu íntimo, compartilhando experiências pessoais com uma lírica carregada de sentimentos e relatos que certamente ressoarão com muitos ouvintes. É um desabafo que revela camadas profundas do artista, explorando temas raramente abordados no rap atualmente.

A quarta faixa, “Jorge”, funciona como um interlúdio, com Matheus recitando a oração de São Jorge para proteção. As faixas seguintes tendem para um estilo mais “cantado”, que lembra ritmos como o MPB, é uma reviravolta intrigante. Em “Nó”, a última faixa do álbum, Matheus Coringa explora essa mudança, desafiando as expectativas e revelando sua intenção de ocupar lugares que o rap nacional ainda não explorou completamente.

 Em uma declaração sobre “Ralo”, o artista explica: “É minha forma de dizer que eu também faço parte da nova MPB, em seu mais amplo sentido, sem ter que me vender para essa roupagem estigmatizada”. Essa atitude destaca a ousadia e a determinação de Matheus Coringa em quebrar barreiras e contribuir para a evolução do cenário musical brasileiro.

Os beats produzidos por Chiarelli! desempenham um papel crucial, tirando Matheus Coringa de sua zona de conforto com maestria. Adicionando camadas de sofisticação aos beats sem perder a sujeira característica do selo e do artista, Chiarelli! eleva o álbum, reforçando a maturidade intrínseca à abordagem dos temas.

Matheus Coringa continua a se destacar como um dos artistas mais inovadores e ousados do país, e “Ralo” é a prova definitiva de sua maestria criativa. Esteja preparado para uma jornada sonora intensa e profunda ao mergulhar nas profundezas desse “Ralo”.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *